✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence Santos por 2 a 0 segue firme na cola do Galo

Douglas fez seu 1º gol com a camisa do Vasco
Mesmo sem poder contar com Diego Souza e Fagner que tiveram suas transferências confirmadas pelo clube antes da partida, o Vasco mostrou mais uma vez seu conhecido poder de superação e bateu o Santos por 2 a 0 em São Januário e segue na cola do Atlético Mineiro.

A partida começou e a torcida vascaína nem conseguiu sentir saudades de Fagner. O estreante Auremir mostrava bastante disposição e levava perigo ao gol do Santos pelo lado direito cruzmaltino. Aos 5 minutos, o lateral tocou para Eder Luis que cruzou para Carlos Alberto, mas o meia chutou para fora.

Com mais posse de bola e fazendo pressão no time do Santos, o Vasco não demorou para abrir o placar. Aos 11 minutos, Juninho cobrou escanteio e após confusão na área a bola se ofereceu para Douglas. O jovem zagueiro bateu forte sem chances de defesa para o goleiro Aranha. Três minutos depois, o Vasco quase ampliou em outra jogada de bola parada de Juninho. Desta vez o Reizinho cobrou falta, a bola quicou e atrapalhou Aranha que espalmou afastando o lance.

O Vasco passou a administrar o placar e não deixava o Santos ameaçar uma reação. Após um período sem muitas chances, o time carioca assustou de novo aos 35 minutos e mais uma vez com Juninho. O meia bateu falta na cabeça de Douglas, Aranha surgiu para defender e evitar o segundo gol da revelação vascaína.

A segunda etapa começou da mesma maneira que a primeira: com pressão do Vasco e gol. Aos 2 minutos, Juninho cobrou escanteio na cabeça de Alecsandro, o atacante apareceu livre para marcar o segundo para o Cruzmaltino.

Após o gol, o Santos tentou iniciar uma pressão no Vasco. Com seis minutos, Adriano cobrou falta frontal e acertou um belo chute, mas Fernando Prass fez bela defesa. O Santos tentava pressionar o Vasco, mas o time carioca conseguia evitar que o alvinegro paulista conseguisse criar chances de gol.

Apesar de ter cedido campo ao Santos, o Vasco seguia sendo mais perigoso nas bolas paradas do que o time alvinegro em seus ataques, mas nenhuma das duas equipes tornou a balançar as redes.

Nenhum comentário: